top of page
  • Writer's picturePBMIH UFPR

Aviso: Fecha-se um ciclo!

Updated: May 19, 2023


Fecha-se um ciclo do projeto de extensão universitária “Português brasileiro para migração humanitária” (PBMIH), da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Um ciclo de praticamente dez anos, que começou em junho de 2013, atendendo a um chamado da sociedade civil, através da Associação de Haitianos (presidida na ocasião pela líder comunitária Laurette Bernadin) e da Prefeitura de Curitiba, com o objetivo de ensinar português para migrantes haitianos. A comunidade migrante buscava construir uma vida nova depois da catástrofe resultante do terremoto de 2010 no Haiti.


Desse primeiro objetivo, criou-se um espaço simbólico e físico, o qual se demonstrou poroso não só às reflexões sobre o ensino-aprendizagem de português brasileiro, mas também a uma compreensão da complexidade dos fluxos migratórios contemporâneos. Nesse sentido, mais que ensinar a língua do país, o projeto, forjado pela identidade e subjetividade de muitas mãos, procurou aprender também com esses migrantes o que significa migrar, se constituir em outra língua e em outra cultura, reforçando a via de troca, de acolhimento e reconhecimento, entendimento e pesquisa, solidariedade e parceria.


Nesses anos todos, o projeto modificou profundamente todos os que dele participaram. Não só os migrantes, alunos do projeto, mas todos nós que trabalhamos nele, seja na coordenação colegiada, seja dentro da sala de aula, seja encabeçando outros projetos e ações extensionistas, todas ligadas ao PBMIH. Entre elas, destacamos algumas : a) elaboração de materiais didáticos autênticos, bem como de uma metodologia e de protocolo de atendimento à comunidade migrante; b) campanhas como “Literatura de refúgio” e “Ser Migrante – Vozes e Culturas na UFPR” (2018); c) elaboração e divulgação de materiais em revistas, como a 7º edição da revista TOM (2018) - “Andanças: travessias da migração e do refúgio” e a criação da Revista Ressonâncias (2019); d) elaboração de materiais informativos para a comunidade migrante, em seis línguas, como a cartilha “Valente é a sua voz”; e) desenvolvimento da ação “Entrelaços” (2019-2022), a qual visava atuar na integração de mulheres migrantes em Curitiba e região metropolitana; f) realização do Projeto “Pequenos do Mundo” (2017 - 2022), em parceria o curso de Psicologia da UFPR, com o objetivo de fomentar, através do lúdico e da arte, o papel ativo das crianças e de suas famílias na elaboração e expressão de suas vivências quanto ao seu fluxo migratório.


Nos entendemos como seres que afetamos e somos afetados por algo tão presente e, ao mesmo tempo, um pouco invisível, algo que nos atravessa e transborda: a linguagem. É na/pela linguagem que nos constituímos e compartilhamos nossos saberes, experiências, sonhos e medos. É a partir dela que também fechamos esse ciclo, agradecendo a cada uma das mãos, de alunos migrantes, alunos de diversos cursos de graduação e pós-graduação, professores, ao espaço físico e simbólico que criamos nas salas de aula e corredores da UFPR. É por causa do afeto criado por esta jornada que manteremos o espaço virtual (na figura de nossas mídias sociais: Instagram, Facebook e Site ) como um histórico dos laços que compartilhamos. Este ciclo do PBMIH é/foi porque somos!


O projeto continua, a partir de 2023, sob nova coordenação e nova reformulação. Para conferir as novas ações do PBMIH-UFPR, acesse: https://pbmih.ufpr.br/


Atenciosamente,


Graziela Lucchesi, Jeniffer Albuquerque, Maria Cristina F. Silva, Maria Gabriel e Viviane Pereira






110 views0 comments

Recent Posts

See All

Comments


bottom of page